08 março, 2018

DIA DA MULHER


Hoje é um grande dia. Dia da MULHER.
Hoje é dia de lembrarmos que existimos no meio dessa loucura de ser mãe, esposa, dona de casa, empreendedora e qualquer outra coisa que nos propusemos a ser.
Tire umas poucas horas do seu dia para se cuidar. Olhe um pouquinho para si, deixe por alguns instantes todas outras funções que certamente rouba seu tempo e você nem percebe.
Se você é aquela que acordou e, em um piscar de olhos seu dia já acabou, saiba, é hora de rever alguns conceitos. Tem alguma coisa errada. Alguém ou alguma coisa está roubando o seu tempo. Temos por hábito deixar pessoas e coisas consumirem um dos nossos bens mais preciosos: O TEMPO.
Lembre-se: É TEMPO DE SE AMAR.

Fiz essa ilustração para comemorar o nosso dia.

Parabéns MULHERES pelo nosso dia!!!

28 outubro, 2017

BAILARINA - SPEED PAINTING - PINTANDO COM AQUARELA

Acompanhe todo processo dessa ilustração: desenho, pintura com aquarela e arte final.



Bem, espero que tenha gostado. E você, já pensou em aprender a desenhar? Entenda como foi que aprendi a desenhar em 60 dias aqui! E, se tem alguma dúvida ou quer mais dicas, deixe um recadinho usando o formulário de contato.

19 outubro, 2017

Testando máscara para aquarela

Há algum tempo tinha comprado a máscara para aquarela da Corfix e ainda não tinha testado. Achei bem legal. Isolou bem a área e ficou do jeitinho que queria (com essas partes brancas contornando o desenho). Muito show!!


 E você, já testou alguma máscara? Se quiser me contar, pode deixar um comentário ou enviar um recadinho pelo formulário de contato.

16 outubro, 2017

MINHAS AQUARELAS

Hoje vou contar como tem sido minha experiência com aquarela. Desde que comecei a seguir pessoas que trabalham com aquarela no Instagram, fiquei apaixonada por essa tinta transparente. Por mais que pesquisasse, não conseguia chegar a conclusão de qual tinta comprar. Li e vi muitas pessoas falando o quanto "X" era incrível e "Z" era horrível. Então, a louca aqui resolveu fazer suas próprias experiências. Aqui no Brasil as aquarelas são bem caras, mas lá fora nem tanto. Como tive a oportunidade de comprar lá fora, comprei algumas. Mas antes disso comecei brincando com uma aquarela que já tinha em casa, que por sinal já estava até vencida. O resultado não foi dos melhores, mas como escrevi em uma postagem anterior, é provável que tenha sido por conta de estar vencida. Perdoe os desenhos (foram os primeiros)... Rsrsrs... Mas é bom para quem quer aprender, entender que é possível. Viu como não sabia NADA mesmo. Foram 60 dias de estudo intenso e muita dedicação. E cada dia é um novo aprendizado. Veja como tudo começou aqui! #PROJETOEUSOUCAPAZ

(Aquarela vencida) - Aí Faber Castell estou querendo testar uma novinha... Rsrsrs...

Já tinha tido uma experiência com a aquarela Faber Castell e os lápis aquareláveis quando comecei com um amigo esse projeto de um livro ilustrado há muitos anos. Muitos anos mesmo.

Ilustração com aquarela Faber Castell (antes de vencer... Rsrsrs...) e lápis aquarelável também da Faber.


Depois dessa aventura e por não encontrar a transparência que via nas aquarelas dos ilustradores que acompanhava, achei por bem comprar a aquarela da pentel. Achei legal para quem vai começar, pois o preço é bem em conta.


Depois experimentei a tão falada por sua pigmentação a Koh-I-Noor. Não gostei muito. O estojo é de encaixar uma em cima da outra e veio com 24 cores.



Aí ouvi falar na caríssima Van Gohg. Comprei, testei e aprovei. As cores são vibrantes, misturam bem e quando adicionamos água tem uma transparência bem incrível. Mas foi a  mais cara de todas que testei até o presente momento.


Apaixonada pelas ilustrações do Rodrigo Falco (sou fã) e por saber que ele usava aquarela Pébéo, resolvi testar também. Constatei que ela é para quem quer um tom clarinho como o tom de suas ilustrações. Achei também que ela não se espalha muito bem na água.


Ainda não tinha chegado na minha favorita. E, empolgada comprei uma totalmente desconhecida, a Bianyo. As cores são incríveis, mas aquarela não espalha muito bem e é muito opaca. Tem pouquíssima transparência. Preço excelente para quem quer começar.


Inconformada com os resultados e com o preço da Van Gogh, que até agora tinha sido a única que havia me agrado em tudo. Comprei a Winsor & Newton. Foi amor a primeira pincelada. E, para a qualidade, o preço nem era tão caro assim. Ela vem com um pincel que nunca usei, porque adoro pinceis com reservatórios de água. o estojo é pequeno, pode ser levado na bolsa tranquilamente, tem dois godês removíveis para misturar as tintas e as pastilhas são removíveis também, o que permite a troca de cada cor que acabar.



Só que eu já estava viciada em testar aquarelas. Em um período de seis meses tinha comprado... Não sei quantas aquarelas. Fui mais uma vez as compras e, desta vez foi uma tal de Kuretake, que tem umas pastilhas enormes e a qualidade é muito semelhante a Winsor & Newton. 


Veja na tabela de cores.  Ambas tem 12 cores, porém as cores de cada estojo são diferentes, mas a qualidade das duas marcas são bem parecidas.


Não satisfeita queria testar também a aquarela líquida, comprei a mais em conta, a Aqualine. Ela tem uma pigmentação incrível, porém qualquer acidente por menor que seja, pode causar o maior estrago em sua pintura ou mesmo nos móveis. Sugiro usar com muita cautela e longe de crianças ou pessoas estabanadas.


Como fiquei apaixonada pelo azul Cian e pelo Magenta e não queria acidentes. Coloquei um pouquinho de cada em um godê e fiquei usando. Agora já está seco, mas uso assim mesmo para fazer algum detalhe, principalmente em roupas jeans das minhas garotinhas.
Repare que, ao secar, surgiu um tipo de pó, mas é só acrescentar um pouquinho de água e tudo volta ao normal. Observe nas fotos!


Acrescentei água no amarelo. Veja como ficou perfeito novamente!



E para evitar poeira é só guardar em um saco plástico.


Para dar aquela finalizada com algum brilho, não poderia deixar de comprar esse kit incrível com metalizados e dourados. Para fazer detalhes é maravilhoso.


Agora se você está começando e como eu não sabe qual comprar. Não faça como a louca aqui e saia comprando tudo. Eu comprei porque sabia desde o primeiro momento que me deparei com uma aquarela que a amaria para sempre. Mas se você não tem essa certeza, comece com uma que não seja muito cara, porque no fundo a diferença de uma para outra é muito pouca.

Veja um teste que fiz com três marcas. Uma delas não está aqui porque não tirei foto ainda. É a Winsor & Newton em tubo fabricada na China. 
Bem o teste foi feito com a Pentel,  Winsor e Newton em tubo fabricada na China e Winsor & Newton da linha Cotman.


Na parte de cima usei a técnica seca, concentrando a tinta na parte superior e espalhando para baixo. Na parte de baixo usei a técnica úmida. Molhei o papel primeiro e depois depositei a tinta. O resultado foi esse.
Agora é só escolher uma e começar a brincadeira.

Bem espero que minha experiência possa servir de base para suas escolhas. Caso tenha alguma dúvida é só enviar pelo formulário de contato.

15 outubro, 2017

BRUXINHA - SPEED PAINTING - PINTANDO COM AQUARELA

Acompanhe todo processo dessa ilustração: desenho, pintura com aquarela e arte final. 


Bem, espero que tenha gostado. E você, já pensou em aprender a desenhar? Entenda como foi que aprendi a desenhar em 60 dias aqui! E, se tem alguma dúvida ou quer mais dicas, deixe um recadinho usando o formulário de contato.

02 julho, 2017

Livro: Produtividade em 5 passos

Resolvi atualizar meu sistema de produtividade e, com isso, escrevi um guia que está à venda em ebook na Amazon. Quem quiser, pode conferir. Basta clicar aqui!
 

07 junho, 2017

GTD e WORKFLOWY em PROJETOS


PROJETO
É tudo que requer mais de uma ação, ou seja, se não pode ser executado em uma única ação, é um projeto.

Você já ouviu falar em GTD? Saiba mais aqui!
É um método para simplificar e organizar sua vida. O método garante que é possível fazer mais em menos tempo e sem estresse.
O GTD é o método e o WorkFlowy a ferramenta. Já falei dele aqui também! Não se assuste com aparência minimalista do programa. É apenas uma folha em branco, mas funciona que é uma belezinha.

Cada postagem que faço sobre o GTD, sinto que simplifico mais as coisas. É que muitas coisas que David Allen explica em seu livro para mim foi muito útil durante um tempo. Só que, se posso simplificar, por que complicar? Amo o livro e recomendo. Leia!!

LISTA DE PROJETOS
É fundamental que se crie listas de OBJETIVOS, que para atingi-los, muito provavelmente precise criar vários projetos. Para mim funcionada assim:
No WorkFlowy crio uma tag denominada OBJETIVOS e dentro dela coloco as seguintes tags: ações atuais, projetos atuais, metas para 2 anos, metas de 3 a 5 anos, metas para a vida e um dia talvez.
O ideal para mim foi não abraçar muitos projetos de uma só vez e não torná-los muito longos. Para isso estabeleci metas.
Então, quando tenho uma ideia que pode virar um projeto, vou na tag UM DIA TALVEZ ou EM BREVE e coloco lá. Se for uma ideia muito distante ou até mesmo insignificante, coloco na tag UM DIA TALVEZ, se achar que pode ser executado em breve, é lá que ficará.

Dentro da tag PROJETOS ATUAIS ficam os projetos os quais estou trabalhando e dentro de AÇÕES ATUAIS ficam as ações relacionadas a esses projetos. Por exemplo:

Dentro da tag PROJETOS ATUAIS tenho, entre outras coisas, as quatro abaixo:
- Livro (xxx) - aguardando resposta da editora
- Livro (xxx) - escrevendo
- Aprender espanhol
- Emagrecer

Para esses projetos atuais, dentro da tag AÇÕES ATUAIS, tenho o seguinte:
- Verificar e-mail diariamente (resposta da editora)
- Escrever no mínimo 1000 palavras por dia
- Concluir um fascículo do curso de espanhol por semana até 04/08/17 - (fascículo 13 de 24)
- Trinta minutos de caminhada por dia e dieta intermitente até perder 6 quilos.

É importante que consulte seu WorkFlowy com bastante frequência. Vejo o meu diariamente, pois tenho outras tags relacionadas a meses, semanas e dias. A tag PROJETOS E AÇÕES ATUAIS olho diariamente também, as outros revejo semanal e mensalmente. E, sempre que concluo um projeto consulto as tags e vejo o de maior importância e arrasto para a tag de PROJETOS ATUAIS.

Bem simples, não acha?
Se quiser saber como uso o WorkFlowy atualmente clique aqui!

Aqui é possível ver um resumo do GTD. E se desejar saber os três passos anteriores do GTD já explicados é só clicar em COLETAR , PROCESSAR e OGANIZAR.

Se gostou, comente! Se tiver alguma dúvida deixe no espaço para comentários. Terei prazer em explicar.






01 junho, 2017

#MerMay - Uma sereia por dia


MerMay é a fusão das duas palavas (Mermaid = sereia) com (May = maio). 
MerMay é um desafio para desenhar e postar uma sereia todos os dias no mês de maio.
Não consegui fazer uma seria por dia por conta de estar escrevendo meu segundo livro da série infantojuvenil e também por estar envolvida com um projeto de um livro ilustrado.
Amei participar do projeto MerMay.
E aí, gostou? Você também participou? Deixe um recadinho usando o formulário de contato.







22 maio, 2017

Falando de ilustração

(Criando personagens)

Tenho recebido muitos elogios por ter "aprendido" a desenhar com um projeto de 60 dias (estamos sempre aprendendo, por isso o uso das aspas), porém sei que algumas pessoas acham que desenhar é coisa para criança. Só que sonho é sonho e ponto final. Quem acompanhou o projeto sabe que o objetivo final era fazer um livro ilustrado.
Então, para aqueles que pensam que desenhar é coisa de criança vou tentar explicar a importância de um livro ilustrado na vida de uma criança.
Toda criança tem ou pelo menos deveria ter contato com um livro ilustrado. E esse contato, muitas vezes, pode ser o seu primeiro contato com uma obra de arte.
As ilustrações encontradas nos livros são obras de arte e tem o papel de informar, formar e educar o olhar da criança para que seja um leitor crítico não somente de textos, mas também de imagens. Mesmo por que, as crianças em seus primeiros anos de vida não conseguem ler e as ilustrações confirmam o que os adultos estão lendo para elas.
(Criando personagens)

Minha vida não faz sentido se não estiver ligada à arte. Por isso, estou seguindo este novo caminho. Desenho todos os dias, aprimorando o projeto a cada desenho concluído, estudando, esquematizando meu livrinho ilustrado e continuo escrevendo o segundo livro de uma série, que agora tem uma linha diferente do primeiro livro. Hoje estou seguindo a linha infantil e infantojuvenil. Estou apaixonada por essa nova experiência. Poder me colocar na pele de uma menina de 10 aos e viver as loucuras dos seus irmãos gêmeos, Lucas e Carol de apenas 4 anos, onde ela é hiperativa e ele uma menino doce e encantador que tem um gato imaginário é simplesmente mágico.
Não vejo a hora de concluir esse novo projeto e poder compartilhar com meus leitores queridos.
Para quem quiser conhecer o PROJETO EU SOU CAPAZ, é só clicar aqui!
Espero que ele lhe inspire a tirar seus sonhos, que possivelmente estejam trancados em um cantinho de sua mente e trague-os para fora, para o mundo. Por que não?
Se você curte ilustrações ou qualquer outro tipo de arte, deixe um recadinho usando o formulário de contato.

03 maio, 2017

Dica para escritores

Depois do "ACORDA MENINA!!!" da outra postagem, resolvi colocar os projetos para andar. Já tinha feito tabela para o curso de espanhol e resolvi fazer também para o projeto do livro ilustrado e do livro amor inesquecível.
Veja a tabela do livro "Amor inesquecível" (o título é provisório).
DATA
PLANEJAMENTO
RESULTADO
01-06/05
Reler tudo o que foi escrito e fazer nova premissa

08-13/05
Planejar os próximos capítulos

15-20/05
Escrever capítulo 6 e 7

22-27/05
Escrever capítulo 8 e 9

29-03/06
Escrever capítulo 10 e 11

05-10/06
Escrever capítulo 12 e 13

12-17/06
Escrever capítulo 14 e 15

19-24/06
Escrever capítulo 16 e 17

26-01/07
Escrever capítulo 18 e 19

03-08/07
Escrever capítulo 20

10-15/07
Ler o livro ainda no computador

17-22/07
Imprimir (matricial) e destacar erros em vermelho

24-29/07
Corri e ler novamente na tela

31/07
Deixe descansar por 30 dias para depois ler de novo

As datas servirão de limite máximo. Claro que posso adiantar o processo, se tiver tempo. Mas nunca ultrapassar. Metas são metas. E com um cronograma fica bem mais fácil não ficar postergando.
Por que reler tudo o que já foi escrito?
Porque este projeto está parado há mais de um ano e certamente não lembro dos detalhes.
Depois da leitura quero fazer uma nova premissa para estruturar os capítulos e só depois começar a escrever.
Talvez você não esteja entendendo nada na minha tabela ou até na minha postagem. É que tinha uns projetos trancados na gaveta e no último dia 24 tive um "sacode daqueles" e resolvi fazer as coisas acontecerem. Lá no alto tem o link caso queira ler a postagem.
Não existe uma maneira correta de escrever um livro. Há pessoas que começam a desenvolver um livro de uma simples ideia e seguem livres para fazer o que quiserem.
Eu prefiro começar com a premissa.
Mas o que é mesmo uma premissa?
Ela é o primeiro passo para transformar uma ideia em um livro. E servirá de guia para estruturar os capítulos. Ela é simples e curta. Cerca de duas a três linhas.
O próximo passo é pensar nos personagens com suas características físicas e psicológicas. Uma vez criados os personagens. Vem a hora da estrutura.
A estrutura serve para o autor organizar seu trabalho e não sair da trilha. Mas uma vez o escritor terá um guia para não se perder, porém não precisa ficar preso nele. Tanto a premissa quanto a estrutura podem ser modificadas a qualquer tempo.
Gosto de seguir dois guias de estrutura.
O primeiro é muito conhecido, do livro "A jornada do escritor" de Christopher Vogler. Você pode estruturar seu livro pelos estágios que o protagonista irá passar. O autor chama de "Os estágios da jornada do herói", no nosso caso é o nosso protagonista. São doze os estágios:
1. Mundo comum;
2. Chamado à aventura;
3. Recusa do chamado;
4. Encontro com o Mentor;
5. Travessia do primeiro limiar;
6. Provas, aliados e inimigos;
7. Aproximação da caverna secreta;
8. Provação;
9. Recompensa;
10. O caminho de volta
11. Ressurreição
12. Retorno com o Elixir.
Pretendo fazer um post explicando melhor esses estágios, porém aconselho a ler o livro. Ser escritor requer estudo. Sem contar que o livro faz a diferença na vida de qualquer escritor.
O segundo é mais simples, mas tem algumas semelhanças com o anterior:
1. Apresentação do problema (ainda no mundo comum, mostra o conflito principal)
2. A protagonista se compromete  (aqui não tem volta, terá que enfrentar o conflito)
3. Primeiros desafios (pequenos obstáculos)
4. Mais desafios (obstáculos maiores)
5. Climax (embate entre protagonista e vilão)
6. Conclusão (mostra a transformação da protagonista)
Agora é só escolher um guia, transformar a estrutura em capítulos com suas respectivas cenas.
Como já tinha criado os personagens anteriormente. Não coloquei essa parte. Já tinha escrito 5 capítulos do livro, por isso está assim.
Nunca fiz um livro ilustrado. Portanto, não sei exatamente se esse tempo é pouco ou muito. Não sei também quantas páginas terá. Só sei que são poucas, pois é um livro infantil. Todavia vou tentar seguir este cronograma.
O texto já estava pronto desde dois mil e abobrinha... rsrsrs... Por isso precisa ser "restaurado", planejar os desenhos em rascunho, rascunhar, passar para o papel próprio para aquarela (técnica de pintura que vou usar) e assim por diante.
Escrevi este post no dia 27. Note que ainda tinha alguns dias para iniciar o projeto. Aproveitei para estudar melhor sobre como escrever livros infantis. Depois conto aqui como foi esse estudo.
DATA
PLANEJAMENTO
RESULTADO
01-06/05
Modificar texto

08-13/05
Planejar os rascunhos

15-20/05
Desenhar os rascunhos

22-27/05
Desenhar os rascunhos

29-03/06
Desenhar no papel para aquarela

05-10/06
Pintar com aquarela

12-17/06
Pintar com aquarela

19-24/06
Arte final

26-01/07
Arte final

03-08/07
Digitalizar

10-15/07
Incluir textos

17-22/07
Revisar

24-29/07
Imprimir e encadernar

31/07
Registrar


Bem, espero que tenha gostado.
E você, já pensou em escrever um livro? Tem alguma dúvida? Quer mais dicas? Deixe um recadinho usando o formulário de contato.
Valéria Araujo © . Design by FCD.