MEUS PRIMEIROS PASSOS COM O MÉTODO GTD

Desde 2007 pelo que lembro, venho tentando organizar minha vida e torná-la mais produtiva. Foi aí que comecei a pesquisar na Internet e descobri o método GDT (Getting Things Done). O GTD é um método muito eficaz de organização e produtividade pessoal. No final você vê resultados. 
A ideia central é tirar tudo da cabeça e organizar suas ideias e tarefas em outro lugar, mas nunca em sua cabeça.
Organizei algumas coisas em listas. Mas é difícil lembrar de olhar as listas e, se não olhar, não adianta nada.

O primeiro site que pesquisei foi o Efetividade de Augusto Campus. Logo depois entrei para o grupo do Yahoo, que me proporcionou muitos arquivos, fluxogramas e muitas dicas interessantes de como implantar o GDT.

No início comprei um Palm para listar as tarefas e compromissos. Naquela época era bem bacana, hoje quase todos os celulares tem aplicativos para listar tarefas.

Aqui estão algumas fotos dele que tirei na época que usava.





 

Usava as seguintes tags: Comercial, Compras, Faculdades, lar, Particular, Pesquisa e projetos. 
Em 2008 continuei usando como agenda e organizador de tarefas. Atendia muito bem as minhas necessidades.
Em 2009 ele foi para gaveta e comecei a usar uma agenda pequena da Tilibra. Sentia a necessidade do contato com o papel e caneta. 
Usava da seguinte maneira: No alto da pequena página, anotava as coisas importantes que tinha feito naquele dia e, que provavelmente, teria que fazer posteriormente. Como mandar cortar a grama, trocar o gás e trocar o óleo do carro.
Criei também uns símbolos, aliás, não criei, copiei a ideia de algum lugar e que não lembro de jeito algum. Os símbolos são os seguintes: X para as concluídas, seta para as adiadas, quadrado preenchido para as não concluídas e que não poderiam ser adiadas. Para finalizar a bolinha para as coisas delegadas.
Logo após a data eu listava as tarefas e compromissos. Um pouco mais abaixo, anotava o valor da venda de açaí e bem no final os meus gastos diários.
Adorei o método que usei, porém ele não estava totalmente de acordo com o GTD. David Allen frisa bem em seu livro que, os compromissos vão para a agenda e as tarefas para um organizador de tarefas. Mas para mim foi perfeito.






O que faltava na pequena agenda era o espaço para o que David Allen chama de "Caixa de Entrada". Foi neste momento que conheci o POCKETMOD.COM e comecei a criar os meus pocktmods. Em breve postarei um passo a passo.
Mais tarde cheguei à conclusão que não faltava apenas a caixa de entrada, faltavam outras coisas, que, em minha opinião, deveriam ser separadas por tags.
Só agora tive a oportunidade de ler o livro "A Arte de Fazer Acontecer". Assim, pude perceber que estava certa quanto as tags que faltavam.

Em 2010, tive o que posso chamar de melhor e mais simples organizador e impulsionador de produtividade.
Peguei um simples caderno de capa dura da Tilibra, (Olha eu fazendo propaganda sem ganhar nada...rsrsrs...) dividi o caderno em tags e fui impulsionada para a produtividade. Confesso que foi o ano em que, realmente, vi as coisas acontecerem. E eu ainda não tinha lido o livro.






O caderno, como já foi dito, tem capa dura, 192 folhas e seu tamanho é de 140mm X 202mm. É um caderno médio.
Na primeira página personalizei um calendário anual, colocando inclusive foto. Nas datas em que eu tinha compromisso, colocava um "X", nas datas em que meu filho tinha compromisso, colocava uma bolinha. Assim, eu já tinha uma noção dos nossos compromissos do ano todo. Mas lembre-se, compromisso não é tarefa. Compromisso é algo em que, muito possivelmente, não podemos adiar, como provas, consultas, exames, reuniões...
Logo após o calendário, fiz minha agenda. Dividi a folha da esquerda e da direita em três partes e no final da folha direita dividi ao meio, como é possível verificar na foto logo abaixo. Assim, tinha a visão dos compromissos da semana inteira. Na linha superior, escrevi o mês e o ano e depois os dias da semana e do mês. Fiz isso com o auxílio de um calendário. Você pode começar hoje, não tem problema algum. Inicie sua agenda pelo dia 02 de junho de 2016. Sem problemas.



No caso da agenda, usava os seguintes códigos "X" para as concluídas, Quadrado preenchido para as não concluídas e seta para adiar, se fosse possível. Neste caso, especificava na seta para que data o compromisso fosse adiado. Assim não precisava olhar a agenda inteira para saber em que data deveria executá-lo.


O que sobrou do caderno dividi em tags. Eu não lembro onde comprei as etiquetas, mas elas são bem legais.
Na foto elas estão feias, pois tirei a foto agora. O caderno estava junto com as outras agendas e, resumindo está velho, feio. Mas como queria que vocês entendessem bem o que estou tentando explicar, achei que valeria a pena tirar foto dele mesmo com as etiquetas desbotadas.
Bem, vamos as tags! Eu fiz de acordo com as minhas necessidades. E funcionou.
Na tag "Carro", anotava tudo relacionado a ele. Na época, meu carro era velho (rsrsrs...) então sempre tinha que trocar peças e eu anotava as peças que troquei e quando troquei. Anotava também troca de óleo, bateria...
Em "Casa" - Qualquer tarefa ou coisa para comprar que fosse relacionada à casa.
"Pessoais" - Data da última menstruação, peso, data da escova definitiva...
"Importante"  - O nome já diz.
"Filmes" - Lista de filmes que queria ver ou que alguém me indicava.
"Livros" - A mesma coisa.
"Projetos" - Tudo o que tem que ter mais de uma ação, ou seja, aquilo que não se consegue fazer em uma única etapa. 
"Algum dia" - Coisas que eu queria fazer ou comprar, mas não sabia quando.
"Emprestei" - Espaço para anotar as coisas que emprestava para não esquecer, é claro, e, pedir de volta.
"Ideias" - Anotava as ideias que tinha para escrever.
"Contas" - Anotava as contas. Principalmente as parcelas no cartão.
"Outros" - Que servia para as todas as outras coisas que não se encaixavam nas tags anteriores.
"Editora" - Nomes e contatos de editoras de meu interesse.
"Próximas ações" - Não usei. As próximas ações eram relacionadas aos projetos e resolvi fazer na tag "Projetos" mesmo.
Para a faculdade, cometi o erro de criar 3 tags "Tarefas MSB", "Provas" e "MSB", mas utilizei uma apenas, colocando quadro de horário, calendário de provas e tarefas da faculdade.

Apesar dos erros, posso dizer que foi o meu organizador de tarefas e compromissos mais bem sucedido até hoje. Porém acabei de ler o livro de David Allen e estou cheia de ideias para meu próximo caderninho.


Como já mencionei, não lembro onde comprei as etiquetas autoadesivas, mas vou deixar a foto da embalagem aqui.



Em 2011 não fiz o caderninho. Fui envolvida pela empolgação de algumas amigas e comprei uma agenda MaioFax. Não gostei muito.



Nos anos de 2012 e 2013 usei aplicativos do Iphone, mas estou pensando seriamente em voltar para o caderninho. Não sei explicar ao certo, mas para mim funciona melhor. Mesmo os aplicativos tendo alarmes e a facilidade para copiar e colar, repetir em outras datas, ainda assim, acho que o caderno funciona melhor para mim.
Bem, é isso!
Em breve vou fazer outras postagens sobre GTD. Aguardem!!!

Gostou? Se gostou é só curtir e compartilhar com os amigos.




0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Digite o que procura!

Penso assim...

♥♥ Não importa onde esteja ou para onde vá. Seja original! crie sua própria identidade!! Existe um artista dentro de você. Use meus textos e desenhos como fonte de inspiração, porque um artista inspira o outro. Aqui tem um pouquinho, mas só um pouquinho do meu mundo, portanto, espero que sirva de inspiração e lhe dê o impulso que talvez esteja precisando. ♥♥

Importante!!

Muitas fotos são retiradas da Internet. Se você detém algum direito autoral sobre algum material, entre em contato comigo, eu o removerei ou colocarei os devidos créditos. Obrigada! A violação do direito autoral é crime. A reprodução do material disponibilizado neste site está condicionada à autorização, sendo proibido o seu uso para fins comerciais.
Valéria Araujo - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.