26 agosto, 2016

DICAS PARA ESCRITORES INICIANTES


Algumas pessoas acham que escritores já nascem escritores. Isso não é verdade. Claro que tem pessoas que tem maior facilidade para colocar as coisas no papel, enquanto outras são melhores falando. O que as pessoas precisam fazer, é exercitar diariamente.
Quando queremos um corpo sarado, o que temos que fazer? Exercitá-lo. Com a escrita não é diferente.

O que fazer para despertar o escritor que dorme dentro de você?
Gosto de escrever, mas não tenho tempo. A desculpa de todos é a mesma. Não sei como fulano conseguiu escrever um livro com tantas páginas. Por que ele consegue escrever diariamente e eu não? Sei que tenho mais potencial que ele. Por que ele consegue e eu não?
A resposta é simples. Fulano escreve.

Dicas que acho fundamentais
Escreva todos os dias. Faça um acordo com você mesmo e escreva todos os dias. Nem que seja um único parágrafo. E leia diariamente também. Procure ler livros que goste. Releia os que já leu, mas agora leia com o olhar de um escritor. Seja crítico. Veja o que não é bom no livro, o que não lhe agradou também. Isso o ajudará a não cometer os mesmos erros. Perceba quem narra a história, como são os personagens e o tipo de linguagem de cada um. Só assim poderá preparar bem seus diálogos quando resolver colocar uma história no papel.

Não sabe como começar?
É comum não saber por onde começar. Por isso estou deixando aqui alguns exercícios que poderão ser transformado em um conto, uma crônica e até mesmo em um romance.
Faça os exercícios e guarde-os em pasta no computador ou em uma pasta física. Não os jogue fora. Tenho certeza que serão aproveitados para alguma cena de um livro no futuro ou quem sabe seja o começo de uma grande história.

Execício 1
Observe as pessoas ao seu redor, em sua casa, na padaria, no restaurante, no transporte e escreva sobre elas. Escreva sobre o comportamento de cada uma delas, suas reações ao beber, fumar, mastigar, gargalhar. São tantas coisas que poderá escrever e você nem imagina. Observe suas características físicas e também psicológicas, caso tenha conseguido captar.
É bom que ande com bloco de anotações para anotar um pequeno resumo do que observou. Quando chegar em casa passe a limpo e enriqueça com maiores detalhes. Há quem use o bloco de notas do celular para fazer essas anotações.

Exercício 2
Um outro exercício bacana é escrever sobre seu estado de espírito todos os dias. Escreva só para você. Ninguém precisa ler. Escreva apenas como um exercício diário.

Exercício 3
Outra ideia que me agrada bastante é a de relembrar a infância. Traga suas memórias para o presente e despeje-as na tela do computador ou em uma folha de papel em branco.

Exercício 3.1
Relembre algum aniversário. Qual era o tema? O que vestia? Como se comportou? Qual o presente que mais gostou? Quem compareceu? Teve brincadeiras? Quem não foi e que você sentiu muito a ausência? Escreva todas as lembranças que vier em sua cabeça. Escreva como se estivesse contando para alguém como foi e como se sentia naquele momento.

Exercício 3.2
Seu primeiro dia de aula. Escreva sobre ele. Se não lembrar do primeiro dia, escreva sobre um dia marcante na escola. Como era seu uniforme? Quem te levou à escola? Como era o nome da professora? Como era a sala de aula? O que você fez na aula? Quantos anos tinha? O que sentiu? Como eram os colegas de classe?

Bem esses são alguns exercícios. Em breve vou disponibilizar outros.
Espero que tenha gostado.

Se gostou, dê um like e compartilhe com os amigos!
Deixe um recadinho usando o formulário de contato.
Valéria Araujo © . Design by FCD.