23 abril, 2017

DIA MUNDIAL DO LIVRO E DO DIREITO AUTORAL

Não sei quantas vezes acordei esta noite com barulho de fogos. É que hoje, no Rio de Janeiro, os devotos de São Jorge festejam o dia e a noite intensamente. Mas esta postagem não é para falar do Santo Guerreiro. Na realidade, o artigo é sobre o dia Mundial do Livro e o Direito do Autor.

A UNESCO, no ano de 1996, instituiu o dia 23 de abril para que fosse comemorado o dia Mundial do Livro e, também, o Direito do Autor. A data foi escolhida pelo simples fato de coincidir com a data de falecimentos de autores famosos como William Shakespeare e Miguel de Cervantes.
A melhor biografia que encontrei sobre Miguel de Cervantes está em espanhol, mas vale a pena conferir. O link está aqui!

É impossível não reconhecer que o mundo digital fez com que as pessoas lessem e escrevessem muito mais. Isto não significa que os livros impressos vão acabar. O que percebo, é que os livros impressos e os digitais vieram para se complementar, proporcionando ao leitor e escritor mais facilidades de conhecimento. A Internet já pode ser considerada a maior biblioteca do mundo. Vamos dar também um "Vivaaaa!!" para os criadores do Google...Rsrsrs...
Livro é tudo. Seja digital ou impresso.

Quero aproveitar e recomendar alguns escritores nacionais:
- Valéria Araujo - Eu (Rsrsrsrs...)
- Leila Rego
- Tammy Luciano
- Bruna Longobucco
- Carolina Estrella

Em minhas pesquisas, deparei com algumas curiosidades sobre livros. Veja algumas delas!

- LIVRO ILEGÍVEL A OLHO NÚ



No site da Editora Abril, pude conferir a notícia que, uma editora japonesa, Toppan Printing, lançou o livro, Flores da Estação, que é  ilegível a olho nu. Para ler é necessário o uso de uma lupa. O livro é composto de 22 páginas e tem de espessura 0,75mm. Na imagem é possível observar que ele é um pouco menor que o buraco de uma agulha.


- MENOR LIVRO

No site de Notícia Terra, encontrei um livro que pode ser lido a olho nu. Ele é um pouco maior que um grão de arroz (5mm) e suas páginas trazem a oração do Pai Nosso em várias línguas.



- LIVRO COM MAIOR NÚMERO DE PÁGINAS

"The Collection, Obama and Pluralism", escrito por Damien Dematra, tem 5.472 páginas, com 34cm de espessura. O livro é dedicado a vida de Barack Obama e ainda não foi lançado no Brasil.
A obra teve a colaboração de 40 pessoas para se escrita e foi "lapidada" em 5 dias.
Será possível?


Escrevi um livro com 119 páginas e levei meses para chegar ao final e quando pensei que tinha terminado, cheguei à conclusão que deveria mudar tudo. Havia escrito em ordem cronológica e vi que o primeiro capítulo não era convidativo para os leitores. Mudei tudo. Passei muito tempo lapidando realmente. E confesso, hoje, reescreveria todo ele...Rsrsrs... Muitos risos em um só artigo. Não é mesmo? Mas sou dessas. Gosto de rir mesmo. Procuro achar graça de tudo. Penso que assim a vida é melhor.


Mas o Advogado Vinícios Leôncio é um forte candidato a derrubar as 5.472 páginas do escritor Damien Dematra e ingressar no Guinness World of Records com a mais volumosa e com o maior número de páginas do mundo.
O livro pesa 7,5 toneladas e tem mais de 41 mil páginas. O volume tem 2,10 metros de altura e foi escrito com a fonte Arial, tamanho 22, o que equivale a seis milímetros.
O livro tem como título: PÁTRIA AMADA.
Há quase duas décadas Leôncio iniciou o projeto para reunir em um livro as legislações tributárias do País, que como todos nós sabemos, não são poucas. Afinal, cobrar impostos é o que interessa.
Inconformado com o que considera ser um "excesso" de normas, o tributarista, queria apenas mostrar de forma "simbólica", o peso dessa legislação. Acho que conseguiu.


E por falar em Legislação, vamos falar sobre Direito Autoral. Afinal, hoje também é o dia do Direito de Autor.

A autora  Flávia Lubieska N. Kischelewski, disponibilizou  em PDF uma espécie de manual para que entendamos  tudo sobre Direito Autoral. O trabalho é denominado "ENTENDA  O DIREITO AUTORAL". Para fazer download clique aqui!

A Lei  9.610, de 10 de fevereiro de 1998 é a que assegura os direitos do autor. Destaquei alguns artigos da lei que pode ser conferida na íntegra aqui!

O artigo sétimo menciona as obras que são protegidas. Leia!

Art. 7º São obras intelectuais protegidas as criações do espírito, expressas por qualquer meio ou fixadas em qualquer suporte, tangível ou intangível, conhecido ou que se invente no futuro, tais como:

I - os textos de obras literárias, artísticas ou científicas;
II - as conferências, alocuções, sermões e outras obras da mesma natureza;
III - as obras dramáticas e dramático-musicais;
IV - as obras coreográficas e pantomímicas, cuja execução cênica se fixe por escrito ou por outra qualquer forma;
V - as composições musicais, tenham ou não letra;
VI - as obras audiovisuais, sonorizadas ou não, inclusive as cinematográficas;
VII - as obras fotográficas e as produzidas por qualquer processo análogo ao da fotografia;
VIII - as obras de desenho, pintura, gravura, escultura, litografia e arte cinética;
IX - as ilustrações, cartas geográficas e outras obras da mesma natureza;
X - os projetos, esboços e obras plásticas concernentes à geografia, engenharia, topografia, arquitetura, paisagismo, cenografia e ciência;
XI - as adaptações, traduções e outras transformações de obras originais, apresentadas como criação intelectual nova;
XII - os programas de computador;
XIII - as coletâneas ou compilações, antologias, enciclopédias, dicionários, bases de dados e outras obras, que, por sua seleção, organização ou disposição de seu conteúdo, constituam uma criação intelectual.

Outro artigo que acho bem legal é o que fala dos direitos patrimoniais. Que herança bacana para deixar para nossos filhos e netos. Você não acha?

Ar. 41. Os direitos patrimoniais do autor perduram por setenta anos contados de 1º de janeiro do ano subsequente ao de seu falecimento, obedecida a ordem sucessória da lei civil.

E aí, gostou do artigo? Curta! Compartilhe!!




Valéria Araujo © . Design by FCD.