03 maio, 2017

Dica para escritores

Depois do "ACORDA MENINA!!!" da outra postagem, resolvi colocar os projetos para andar. Já tinha feito tabela para o curso de espanhol e resolvi fazer também para o projeto do livro ilustrado e do livro amor inesquecível.
Veja a tabela do livro "Amor inesquecível" (o título é provisório).
DATA
PLANEJAMENTO
RESULTADO
01-06/05
Reler tudo o que foi escrito e fazer nova premissa

08-13/05
Planejar os próximos capítulos

15-20/05
Escrever capítulo 6 e 7

22-27/05
Escrever capítulo 8 e 9

29-03/06
Escrever capítulo 10 e 11

05-10/06
Escrever capítulo 12 e 13

12-17/06
Escrever capítulo 14 e 15

19-24/06
Escrever capítulo 16 e 17

26-01/07
Escrever capítulo 18 e 19

03-08/07
Escrever capítulo 20

10-15/07
Ler o livro ainda no computador

17-22/07
Imprimir (matricial) e destacar erros em vermelho

24-29/07
Corri e ler novamente na tela

31/07
Deixe descansar por 30 dias para depois ler de novo

As datas servirão de limite máximo. Claro que posso adiantar o processo, se tiver tempo. Mas nunca ultrapassar. Metas são metas. E com um cronograma fica bem mais fácil não ficar postergando.
Por que reler tudo o que já foi escrito?
Porque este projeto está parado há mais de um ano e certamente não lembro dos detalhes.
Depois da leitura quero fazer uma nova premissa para estruturar os capítulos e só depois começar a escrever.
Talvez você não esteja entendendo nada na minha tabela ou até na minha postagem. É que tinha uns projetos trancados na gaveta e no último dia 24 tive um "sacode daqueles" e resolvi fazer as coisas acontecerem. Lá no alto tem o link caso queira ler a postagem.
Não existe uma maneira correta de escrever um livro. Há pessoas que começam a desenvolver um livro de uma simples ideia e seguem livres para fazer o que quiserem.
Eu prefiro começar com a premissa.
Mas o que é mesmo uma premissa?
Ela é o primeiro passo para transformar uma ideia em um livro. E servirá de guia para estruturar os capítulos. Ela é simples e curta. Cerca de duas a três linhas.
O próximo passo é pensar nos personagens com suas características físicas e psicológicas. Uma vez criados os personagens. Vem a hora da estrutura.
A estrutura serve para o autor organizar seu trabalho e não sair da trilha. Mas uma vez o escritor terá um guia para não se perder, porém não precisa ficar preso nele. Tanto a premissa quanto a estrutura podem ser modificadas a qualquer tempo.
Gosto de seguir dois guias de estrutura.
O primeiro é muito conhecido, do livro "A jornada do escritor" de Christopher Vogler. Você pode estruturar seu livro pelos estágios que o protagonista irá passar. O autor chama de "Os estágios da jornada do herói", no nosso caso é o nosso protagonista. São doze os estágios:
1. Mundo comum;
2. Chamado à aventura;
3. Recusa do chamado;
4. Encontro com o Mentor;
5. Travessia do primeiro limiar;
6. Provas, aliados e inimigos;
7. Aproximação da caverna secreta;
8. Provação;
9. Recompensa;
10. O caminho de volta
11. Ressurreição
12. Retorno com o Elixir.
Pretendo fazer um post explicando melhor esses estágios, porém aconselho a ler o livro. Ser escritor requer estudo. Sem contar que o livro faz a diferença na vida de qualquer escritor.
O segundo é mais simples, mas tem algumas semelhanças com o anterior:
1. Apresentação do problema (ainda no mundo comum, mostra o conflito principal)
2. A protagonista se compromete  (aqui não tem volta, terá que enfrentar o conflito)
3. Primeiros desafios (pequenos obstáculos)
4. Mais desafios (obstáculos maiores)
5. Climax (embate entre protagonista e vilão)
6. Conclusão (mostra a transformação da protagonista)
Agora é só escolher um guia, transformar a estrutura em capítulos com suas respectivas cenas.
Como já tinha criado os personagens anteriormente. Não coloquei essa parte. Já tinha escrito 5 capítulos do livro, por isso está assim.
Nunca fiz um livro ilustrado. Portanto, não sei exatamente se esse tempo é pouco ou muito. Não sei também quantas páginas terá. Só sei que são poucas, pois é um livro infantil. Todavia vou tentar seguir este cronograma.
O texto já estava pronto desde dois mil e abobrinha... rsrsrs... Por isso precisa ser "restaurado", planejar os desenhos em rascunho, rascunhar, passar para o papel próprio para aquarela (técnica de pintura que vou usar) e assim por diante.
Escrevi este post no dia 27. Note que ainda tinha alguns dias para iniciar o projeto. Aproveitei para estudar melhor sobre como escrever livros infantis. Depois conto aqui como foi esse estudo.
DATA
PLANEJAMENTO
RESULTADO
01-06/05
Modificar texto

08-13/05
Planejar os rascunhos

15-20/05
Desenhar os rascunhos

22-27/05
Desenhar os rascunhos

29-03/06
Desenhar no papel para aquarela

05-10/06
Pintar com aquarela

12-17/06
Pintar com aquarela

19-24/06
Arte final

26-01/07
Arte final

03-08/07
Digitalizar

10-15/07
Incluir textos

17-22/07
Revisar

24-29/07
Imprimir e encadernar

31/07
Registrar


Bem, espero que tenha gostado.
E você, já pensou em escrever um livro? Tem alguma dúvida? Quer mais dicas? Deixe um recadinho usando o formulário de contato.
Valéria Araujo © . Design by FCD.