Língua Portuguesa - Chatinha, né?


“Não tive saída. Entrei. E, assim que coloquei o primeiro pé na sala a turma toda riu de mim mais uma vez. Um garoto com cara de retardado gritou: “Caiu toda mole parecendo uma geleca”. Vitor Hugo gritou primeiro e depois quase todos gritaram também: “Amoeba! Amoeba! Amoeba!”.

O que fazer quando você vira motivo de risada logo no primeiro dia de aula na nova escola?

Camila é uma menina de 11 anos, que não está nem um pouco feliz por ter que trocar de escola e se vê em apuros quando a professora sugere um troca-troca de redações logo no primeiro dia de aula. Ao ler a redação de Camila, Fernanda aponta seus erros de ortografia fazendo a turma toda zombar da menina, isso acaba gerando uma rivalidade entre as duas, que aumentará quando começarem a disputar a atenção do mesmo menino. O fato também faz Camila odiar a Língua Portuguesa e provoca conflitos em sua casa, onde vivem ela, a mãe, a irmã mais velha, e os gêmeos Carol e Lucas.
Quem nunca viveu um conflito na escola? Quem nunca levou um bilhete da diretora para casa?
O livro “LÍNGUA PORTUGUESA – Chatinha, né?” vai agradar em cheio leitores de todas as idades. Embarque nessa aventura!

Logo, logo estará à venda. Aguardem!



0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Digite o que procura!

Penso assim...

♥♥ Não importa onde esteja ou para onde vá. Seja original! crie sua própria identidade!! Existe um artista dentro de você. Use meus textos e desenhos como fonte de inspiração, porque um artista inspira o outro. Aqui tem um pouquinho, mas só um pouquinho do meu mundo, portanto, espero que sirva de inspiração e lhe dê o impulso que talvez esteja precisando. ♥♥

Importante!!

Muitas fotos são retiradas da Internet. Se você detém algum direito autoral sobre algum material, entre em contato comigo, eu o removerei ou colocarei os devidos créditos. Obrigada! A violação do direito autoral é crime. A reprodução do material disponibilizado neste site está condicionada à autorização, sendo proibido o seu uso para fins comerciais.
Valéria Araujo - Todos os direitos reservados. Tecnologia do Blogger.